26
out

PAPERMAN | CURTA METRAGEM DA DISNEY GANHADOR DO OSCAR

Paperman é um dos muitos curta metragem produzido pela Disney, mas ele se destaca por vários fatores.

Ele foi indicação ao Oscar de melhor curta metragem de animação em 2012, e ganhou o premio não só por sua linda historia, mas também pelas técnicas utilizadas e criadas durante sua produção.

O curta mescla animação tradicional e computadorizada usando uma nova técnica criada pela propiá Disney chamada de Meander, uma técnica inovadora que facilmente se confunde com animações feitas a mão. Usando um estilo preto e branco minimalista.

Ele conta a historia de George, um jovem solitário cujo destino toma um rumo inesperado. Depois de se encontrar por acaso com Meg, um bela garota que passa correndo por ele, indo atrás de uma folha de papel que estava sendo levada pelo vento.

Logo apos a primeira troca de olhares, Meg é atingida por uma das folhas de papel que George segurava, que acaba ficando manchada pelo seu batom.

Convencido de que nunca mais veria a garota de seus sonhos, ele fica cabisbaixo, e prossegue com seu cotidiano chato e sem cor. Mas ele acaba recebendo uma segunda chance ao vê-la em uma janela do outro lado da avenida, de seu escritório. Com apenas seu coração e uma pilha de papeis George tenta de tudo para chamar a atenção de Meg.

Paperman foi criado por uma equipe pequena, que mesmo assim conseguiram criar algo lindo e inovador.

Ele estreou no dia 2 de novembro de 2012, no DVD do filme Detona Ralph, seu titulo em português(BR) é “O Avião de Papel”.

Assista ao curta metragem completo abaixo:

PAPERMAN

 

Caso queira saber mais como a técnica e o processo de produção foram feitos, assista o vídeo do Making Of abaixo:

 

MAKING OF

 

Fantástico, não é mesmo?
Não esqueça de avaliar nossa postagem, e comentar abaixo o que achou deste lindo curta.
Caso tenha dicas ou sugestões também serão bem vindas! =D
Até a próxima! \o/

 

Curtiu Essa Postagem?
Curtir Amei Ha ha Uau Triste Odiei
241

JÁ CONHECE NOSSO JOGO?

Tags:, , , , ,

Comentários

Comentários